Um homem precisa viajar – por Amyr Klink

“Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, imagens, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu. Para um dia plantar as suas árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor. E o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser; que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver”.

~ AMYR KLINK (livro Mar Sem Fim)

Bjs e abraços,

Fabricio =)

About these ads

12 respostas em “Um homem precisa viajar – por Amyr Klink

  1. Você não pode ter certeza de nada, achando que sabe algo do que não conhece… Viva e deixe viver… Viaje e tire suas próprias conclusos, deixe que seus olhos mostrem as coisas como elas realmente são.

  2. Olá Fabrício,

    Das coisas que mais gosto é viajar. Sempre que posso vou.
    Por todos os lados onde já andei, onde mais senti a nossa pequenez neste mundo, foi quando visitei o deserto do Sahara em Marrocos. É simplesmente de cortar a respiração.
    Realmente não há como viajar para alargar os nossos horizontes.

    Bjs

    • Oi Ana! tudo bem?! =)
      Sensacional! Visitar o deserto do Sahara está na minha lista!!!! Alguma vez você já fez o Caminho de Santiago?!
      Grande beijo!

      Fabricio =)

      • Olá novamente,

        Por aqui está tudo bem com bastante frio.
        Tens que lá ir mesmo que aquilo é lindo.
        Por mais incrível que pareça, ainda não fiz o Caminho de Santiago, ainda por cima aqui tão perto. Mas quero muito, e ainda hei-de ir :) Falta-me a companhia, não que isso seja um obstáculo muito grande. Mas, essa está na minha lista ;)
        Este teu post fez-me lembrar um poema de Pablo Neruda que diz em parte:

        “Morre lentamente quem não viaja, quem não lê, quem não ouve música, quem não encontra graça em si mesmo……Evitemos a morte em doses suaves, recordando sempre que estar vivo exige um feito muito maior que o simples fato de respirar.”

        Beijo grande

      • É, eu tenho visto como o tempo está meio maluco ai na Europa!
        Poxa, você precisa ir sim! haha
        Talvez sua compania esteja esperando você no decorrer do caminho!
        Sensacional esse poema do Pablo Neruda! Depois vou postar no facebook!
        Grande beijo,

        Fabricio =)

  3. Muito bom…precisamos viajar nas páginas do nosso livro de vida…e também se aprofundar nas páginas do desconhecido e com isso arrecadar conhecimentos e aprendizados, para que possamos colocar nas folhas de nossa vida! os caminhos que seguimos, as aventuras, as paisagens…a cultura, a comida, a vestimenta!!! Excelente pensamento, que ficará já marcado na página de minhas viagens…Abraços Fraternos e Poéticos..Bia:)

  4. Sempre visito o blog para sentir uma clareza das coisas. E é isso que acontece. Por favor, não deixem de fazer esse blog só crescer cada vez mais. :)

    • Oi Rayanne! tudo bem?!
      Fico feliz que você encontre o que busca aqui no nosso blog!
      É uma honra pra mim! =)
      Muito obrigado e um grande beijo pra vc!

      Fabricio =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s